Site Specific + P-06 Atelier

A Pousada de São Lourenço de Rogério Azevedo e Maria Keil funda-se como lugar de ocupação transitória, em domínio topográfico. Esta arquitetura atua como dispositivo ótico, ou panorama, revelador da natureza da Serra: a abertura ao vale glaciário, a pedra granítica como suporte da construção, a madeira trabalhada com os signos da Estrela. Revisitar este lugar à luz dos novos propósitos e lógicas de intervenção, constitui uma oportunidade para repensar o diálogo com a serra,
intensificando-o a partir das novas relações espaciais e experiências, que a intervenção na Casa de São Lourenço proporciona.

Editor

José Manuel das Neves